Café EAD - O professor na era da tecnologia educacional

O professor na era da tecnologia educacional

Entre mudanças o que permanece é a importância do profissional da educação

A capacidade de adaptar-se aos novos desafios é uma característica bastante admirada no mercado profissional e foi extremamente necessária durante o período de distanciamento social. Nesse contexto, muitas pessoas tiveram que aprender novas maneiras de trabalhar. Entre elas podemos destacar os professores, que, impossibilitados do contato presencial com seus alunos, tiveram que adaptar-se às novas tecnologias como meio para ensinar.

Eles voltaram para a sala de aula, dessa vez virtual, para ensinar e também aprender a utilizar o novo ambiente. O desafio foi múltiplo, foi preciso utilizar um meio diferente e também uma nova metodologia para tornar o momento da aprendizagem interessante e compatível com as ferramentas.

É certo que alguns professores já faziam uso de tecnologias como recurso de aprendizagem. Mas para a grande maioria tratava-se de um universo inexplorado. Dessa forma, além de dominar o conteúdo sobre a área de conhecimento em que atuavam, precisaram inteirar-se sobre a educação a distância e remota.

Foi necessário investimento, tanto de dedicação para aprender, quanto de novas estruturas necessárias para as aulas, muitas vezes ministradas de dentro de casa. A conexão de internet precisou melhorar, o computador ultrapassado não foi suficiente. Foram empregadas horas fora do expediente para estabelecer o formato adequado, para utilizar as ferramentas da melhor forma e para atender as dúvidas dos alunos, que também precisavam familiarizar-se com o ambiente virtual.

A carga foi maior para esses profissionais, mas a percepção da sua importância também cresceu. Foi possível compreender que os professores, além de serem responsáveis pela transmissão formal de conhecimento, são antes eternos aprendizes. Esses profissionais estão constantemente preocupados não só com o conteúdo da aula, mas com o formato dela. Como os alunos aprendem melhor? Como tornam-se críticos? Como estimular um desenvolvimento amplo e inspirar aqueles que passam pela sala de aula?

Os bons professores estão sempre tentando decifrar a fórmula que responda estas e outras perguntas. Por isso, o dia 15 de outubro é fundamental para nos lembrarmos da importância que o profissional dedicado à educação tem numa sociedade. Eles são essenciais para o desenvolvimento das pessoas. 

O meio e a metodologia podem e devem adequar-se ao seu tempo, só não podem suprimir a relevância do professor. Sabendo disso, a Café EAD parabeniza todos os professores pelo seu dia e reafirmamos nosso compromisso com aqueles que buscam uma educação de qualidade.