Big data e educação: uma parceria que dá certo

O que é Big Data?

O termo diz respeito aos conjuntos de dados que são armazenados, processados e interpretados para auxiliar na resolução de problemas, na ampliação da eficiência e no desenvolvimento de novos produtos de diferentes segmentos de empresas e prestadoras de serviços.

Algumas aplicações

O Big Data pode ser utilizado no desenvolvimento de produtos – quando empresas utilizam diferentes combinações de dados/informações para compreender quais são as demandas atuais e futuras de seus clientes e, a partir disso,  desenvolverem produtos que atendam a essa demanda.

Previsão de manutenção  – envolve o uso dos dados para analisar indicações de futuros problemas mecânicos em equipamentos, otimizando o uso de peças e possibilitando que a manutenção seja feita no período adequado para o bom funcionamento de diferentes sistemas mecânicos.

Experiência do cliente – o uso de dados de mídias sociais, visitas na web, registros de chamadas e inúmeras outras fontes podem ampliar a visão da experiência que os clientes estão obtendo com a empresa ou com serviços específicos, possibilitando melhorar a interação do cliente com a empresa.

Eficiência operacional – o big data é uma grande ferramenta que torna possível analisar e avaliar a produção, melhorando as tomadas de decisão de acordo com as demandas apresentadas pelo mercado.

Inovação – o processamento adequado de grandes volumes de informação ampliam o conhecimento não apenas sobre um segmento específico, mas sobre suas correlações e diferentes interfaces. A visão global permite que novas necessidades sejam identificadas dentro de padrões ou na ausência deles viabilizando o planejamento e as decisões de investimento adequadas.

Como fazer uso do Big Data na Educação?

O uso do processamento de grandes volumes de informação, como mostramos, tem muitas aplicações. Elas ultrapassam a oferta de anúncios nas redes sociais que vão de encontro ao seu perfil de consumidor, elas podem ser uma ferramenta para aprender mais e aprender melhor. Com um sistema capaz de interpretar grandes volumes de informações podemos utilizar estes dados para acompanhar e avaliar o desenvolvimento dos estudantes e tornar a gestão escolar mais eficiente.

Mapeamento da aprendizagem

Os sistemas de inteligência que captam os dados e processam as informações geram relatórios para avaliação. Dessa forma é possível identificar as lacunas na aprendizagem de cada estudante ou de grupos deles. As instituições têm inúmeras opções para uso das ferramentas, que podem ser adaptadas de acordo com a necessidade de contextos específicos – voltadas para auxiliar na escolha dos melhores caminhos para cada aluno.

As plataformas disponíveis contam com ferramentas como enquetes, quiz, simulados, roteiro de estudos personalizado, além daquelas mais elaboradas que permitem o cruzamento de dados para a produção de relatórios. Com elas as instituições têm acesso aos horários de estudo de cada aluno, o conteúdo mais buscado, com quais outros alunos ele se comunica, por quanto tempo utiliza o programa e como seu perfil de estudos determina seu aproveitamento escolar. As provas deixam de ser o único método de avaliação para mensurar o conhecimento adquirido pelos alunos, tornando possível o uso de uma educação personalizada.

Gestão administrativa

As técnicas de análise de informações também são grandes aliadas na gestão escolar. Elas podem ser empregadas com diferentes finalidades como acompanhar desempenho, frequência, engajamento e nível de satisfação – dados que combinados podem auxiliar em questões como o controle da evasão escolar. Ter acesso ao andamento da aprendizagem do aluno quase em tempo real permite que as instituições ampliem o alcance do conhecimento que pretendem transmitir e adaptem o modelo de aprendizagem de acordo com a demanda apresentada pelos alunos.

Saber fazer o uso adequado dos dados na educação, assim como em outras áreas, é uma vantagem estratégica que amplia o alcance da aprendizagem e dá bases sólidas para as instituições de ensino. Clique aqui e saiba como a Café EAD pode te ajudar a inserir Big Data no cotidiano da sua instituição ou empresa.