Café EAD- Aprendizagem corporativa

Aprendizagem corporativa: como as empresas alinhadas aos avanços tecnológicos e mudanças sociais são mais eficazes na formação de seus colaboradores

As empresas, desde as menores até as grandes corporações, utilizam de diferentes técnicas de treinamento para obter melhores resultados tanto das capacidades de cada colaborador quanto para propagar a cultura organizacional da empresa. Mas como o uso das ferramentas de Aprendizagem e Desenvolvimento (L&D) dentro das corporações pode ser efetivo e alinhar-se à realidade em constante mudança?

A chave para essa resposta é a modernização, aproximando o treinamento das ferramentas e práticas vigentes. O emprego de testes e de análise de desempenho são um recurso que desagrada muitos colaboradores, gerando ansiedade e sendo contraproducente. 

As aulas devem ser substituídas pela experiência, com  a criação de produtos reais para a avaliação e revisão, fomentando a auto aprendizagem e a reflexão. A autonomia ou empowerment combinados com a comunicação de hoje possibilita novas formas de aprendizagem, utilizando recursos disponíveis como a Web 3.0, com plataformas de aprendizagem que oferecem um suporte flexível e customizável, com uso de mídias sociais integradas contribuindo para a resolução de problemas de forma colaborativa.

Como realizar essa mudança?

É preciso transformar a capacitação tradicional baseada em Treinamento e Desenvolvimento para Performance e Desenvolvimento, onde a atuação do momento é seguida por uma melhoria constante. 

Para realizar essa mudança é preciso avaliar sete elementos estratégicos citados por Clark Quinn, especialista em aprendizagem organizacional:

Cultura – Dê autonomia aos colaboradores. 

Aprendizagem formal – As estratégias de aprendizagem devem estar alinhadas com a necessidade organizacional e serem avaliadas em conformidade com os resultados da empresa. 

Performance – O apoio deve estar alinhado com as necessidades e os conhecimentos dos funcionários. 

Social – Encoraje o acesso às mídias sociais e a dispositivos móveis; não os limite. 

Infraestrutura– Entregue os  materiais de aprendizagem através de dispositivos móveis e redes. 

Métrica– Meça o nível de aprendizagem dos colaboradores, mesmo com a aprendizagem informal. 

Avaliação formativa – Meça a satisfação do cliente, a preferência dos funcionários e o impacto nos negócios. 

A tecnologia em si não é o fim para esse processo, mas deve ser o meio pelo qual a modernização da aprendizagem corporativa acontece, unindo-se às iniciativas de líderes fora e dentro da área de Performance e Desenvolvimento. Para que isso aconteça é preciso criar objetivos específicos, oferecer as ferramentas certas, disponibilizar tutores redes e sistemas sociais eficientes, utilizando estratégias de aprendizagem mais ativas.

Desta forma é possível melhorar as habilidades dos funcionários, medir seu desempenho, identificar as suas necessidades e criar soluções planejadas sob medida.

Como traçar um planejamento que esteja de acordo com a realidade da empresa?

O primeiro passo para realizar essa tarefa é visualizar quais são os recursos disponíveis para este fim, desta forma é possível definir prioridades e otimizar custos. Em caso de novos investimentos, estes devem sempre estar atrelados à melhora do desempenho de seus colaboradores e, por consequência, da própria empresa. 

É preciso criar medidas realistas de desempenho baseadas no prazo que cada uma delas demandará, avaliando a taxa de erro, a capacidade de aprendizagem e a preferência da habilidade, dando margem para replanejamentos futuros e alterações no projeto (medidas necessárias para adequação das novas atividades estabelecidas).

As ações de Performance e Desenvolvimento devem fazer uso das ferramentas tecnológicas, como dispositivos móveis e plataformas, empregando um modelo de aprendizagem interativo. Isto viabiliza a gestão de conteúdo e a reavaliação da aprendizagem a partir de métricas de desempenho avançadas e extração de dados. 

Aproximar a realidade da empresa dos progressos sociais (tanto tecnológicos quanto comportamentais) é o que situará as organizações no tempo presente, viabilizando as soluções futuras envolvendo a qualificação de seus colaboradores e a ampliação da eficiência de seus negócios.

A Café EAD tem como compromisso auxiliar a sua empresa na elaboração dos melhores projetos para cumprir a meta de modernização dos processos de Aprendizagem e Desenvolvimento. Não pare no tempo, entre em contato com a nossa equipe e encontre soluções alinhadas ao modelo de Performance & Desenvolvimento.

O que nos inspira: para saber mais leia Revolucione a Aprendizagem & Desenvolvimento de Clark N. Quinn.